segunda-feira, 9 de maio de 2011

Santos consegue ótimo resultado, mesmo em maratona de jogos

O Santos havia jogado no sábado pela semifinal do Paulistão contra o São Paulo, viajou no domingo para o México onde encarou uma verdadeira guerra contra o América e voltou para pegar o Corinthians. Mesmo com a maratona duríssima de jogos conseguiu um ótimo resultado (empate) no Pacaembu.

O Corinthians dominou as ações no primeiro tempo. Com um bom toque de bola, os corinthianos conseguiram envolver o meio campo santista que sentia a ausência de Arouca.

Enquanto Jorge Henrique e principalmente Bruno César se apresentavam bem no ataque e Liedson fazia o papel de pivô, Dentinho não acompanhava o ritmo e matava as jogadas quando a bola caia em seus pés.

O Santos que entrou no primeiro tempo só para contra atacar voltou melhor no segundo tempo. O meio-campo avançou, a marcação do Corinthians passou a dar espaço e Neymar começou a aparecer. O time da baixada só não abriu o placar porque Chicão e a trave não deixaram.

A resposta veio logo em seguida, com o Corinthians acertando a trave duas vezes.

Apesar do 0 a 0 o jogo foi bom.

O ponto negativo foi a contusão de Paulo Henrique Ganso, que submetido ao estúpido calendário do futebol brasileiro não agüentou o número elevado de jogos e sentiu um estiramento na coxa. O jogador deve ficar fora por um mês.

Para ilustrar ainda mais a estupidez que mencionei, o Santos viaja hoje para a Colômbia, onde joga quarta-feira na altitude pela Libertadores, retorna na quinta e já joga no domingo.

Agora nos resta esperar para saber quem será a próxima vítima do calendário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário