quinta-feira, 14 de julho de 2011

Brasil vence, classifica, mas não convence

Nem a goleada de ontem esconde o fraco futebol que a seleção vem apresentando na Copa América.

A equipe não empolga e cada vez mais a torcida vai se distanciando desta seleção.

A classificação para a próxima fase que deveria ser uma obrigação, foi comemorada como uma conquista. Assustador se pensarmos que em nosso grupo estavam Venezuela e Equador.

Com gols de Pato e Neymar (dois de cada)o Brasil bateu o Equador por 4 a 2 e garantiu a classificação em primeiro lugar no grupo.

Mas o Brasil ainda não inspirou confiança. Os passes errados continuam dificultando a saída de bola, nossa dupla de zaga tem oscilado muito e Ganso e Robinho passam grande parte do jogo escondidos.

Além disso, Julio César vem passando por uma péssima fase. Desde que falhou diante da Holanda na Copa, o goleiro vem comprometendo a Inter de Milão em jogos importantes e ontem falhou nos dois gols equatorianos.

Talvez seja a hora de começar a testar Victor, Jefferson e Fábio, para que a garotada pegue experiência e ritmo de jogo.

Bem mesmo foi Maicon, que substituiu Daniel Alves e diferente do antecessor, forçou as jogadas de linha de fundo e desafogou o meio. Foi com ele que as melhores chances apareceram.

Não faltam bons jogadores à equipe brasileira, só que eles ainda não renderam o esperado. Mano ainda precisa ajustar muita coisa, principalmente no meio de campo, para tornar esse time mais confiável.

No domingo o adversário será o Paraguai e é bom que o futebol do Brasil apareça, caso contrário correrá um grande risco de voltar para casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário