segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Torcida racista rende multa de 15mil euros a Inter de Milão


(Foto:Getty Images)
A Inter de Milão foi condenada a pagar uma multa de 15mil euros por sua torcida ter proferido coros racistas contra o atacante Balotelli do Milan no dia de ontem, 10, durante a partida contra o Chievo.
Segundo a Federação italiana de futebol, o juiz Gianpaolo Tosel se motivou a mover a ação quando parte da torcida da Inter cantou que: “Não há negros italianos”, em referência a Balotelli, único jogador negro na seleção italiana.
O que continua chamando a atenção é a falta de atitude das entidades que cuidam do futebol europeu nos casos de racismo. A pena a qual foi submetida a Inter de Milão é de valor insignificante e os verdadeiros responsáveis continuam impune.
Já está mais do que na hora de a UEFA e as federações nacionais realmente tomarem ações rigorosas e banir dos estádios as facções racistas da Europa.
Em duas semanas a Inter e o Milan disputarão o derbi de Milão, e com certeza os mesmos torcedores estarão nas arquibancadas. Será que, caso haja mais insultos racistas, outra multa de “insignificantes” 15mil euros será dada o clube? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário