sexta-feira, 1 de março de 2013

Torcida da Inter de Milão volta a ofender Balotelli e o racismo continua impune

(Foto:Getty Images)

A torcida da Inter de Milão voltou a ofender o atacante do Milan, Mario Balotelli, com cânticos racistas no último domingo, 24, durante o derbi milanês. 

A atitude da torcida rendeu uma nova multa ao clube, agora de 50 mil euros.  Os torcedores mais radicais levaram ao estádio Giuseppe Meazza cartazes ofensivos e bananas infláveis para Balotelli, que já foi jogador do clube.

Quatorze dias antes, a Inter de Milão já havia sido multada em 15 mil euros pelo mesmo motivo. E aqui no blog nós já havíamos advertido que essas multas, insignificantes para os cofres do clube e mais ainda para a torcida, são ações pouco incisivas por parte da Federação italiana.

No mundo que vivemos não há mais espaço para o racismo, e é inadmissível a falta de atitude das federações. 

Chegou a hora de punições mais rigorosas, prisão para os racistas e portões fechados no Giuseppe Meazza. Só assim esse absurdo vai parar.

2 comentários:

  1. E ainda diz que é pais de primeiro mundo. Racismo é tosco!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Neto. Tosco também é a falta de atitude!

      Excluir